domingo, 24 de março de 2019
82991319220
Política

29/12/2018 às 17h55 - atualizada em 29/12/2018 às 17h59

143

Profº Nicanor

União dos Palmares / AL

Empresa que comprou Ceal por R$ 50 mi será responsável pela energia em quatro Estados
A Ceal já tem novo dono
Empresa que comprou Ceal por R$ 50 mi será responsável pela energia em quatro Estados
jpg

 A Equatorial Energia que venceu o leilão da Ceal nessa sexta-feira (28) será responsável pela distribuição de energia elétrica em quatro Estados brasileiros - Alagoas, Maranhão, Pará e Piauí -. A Equatorial comprou a Eletrobras Alagoas por um preço de R$ 50 mil no leilão na sede da B3, antiga Bolsa de Valores de São Paulo.


A empresa implementará seu reconhecido modelo de gestão e  experiência em administrar áreas de concessão complexas para melhorar a situação precária do setor elétrico no estado. Com a adoção das melhores práticas do grupo, que são referência na Cemar (Companhia Energética do Maranhão) e na Celpa (Centrais Elétricas do Pará), além de estarem sendo implantadas desde outubro na Cepisa (Companhia de Energia do Piauí).


 A conclusão da operação está sujeita à aprovação da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e do Cade (Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência).


O grupo reconhece que os desafios na Ceal serão muitos, mas aposta na expertise que tornou a Cemar e a Celpa exemplos em quesitos como melhoria da qualidade do fornecimento, recuperação financeira e sustentabilidade, além do reconhecido modelo de gestão.


A Ceal se juntará à recém adquirida Cepisa e passará por um processo de transição natural neste cenário. A companhia terá como uma de suas principais metas a prestação de um serviço de qualidade para os consumidores alagoanos.


O grupo Equatorial acredita que os investimentos e melhorias na qualidade do serviço prestado deverão ser catalisadores do desenvolvimento econômico e social do estado, possibilitando maior geração de emprego e renda à população.

FONTE: Cadaminuto

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium