Segunda, 22 de julho de 2019
82991319220
Cidades

07/02/2019 às 15h55

216

Redacao

Teresina / PI

Padre de Santana do Mundaú foi devolvido para Sergipe.
Padre criticou população da cidade
 Padre de Santana do Mundaú foi devolvido para Sergipe.
jpg

Um padre do município de Santana do Mundaú foi devolvido para a Diocese de Propriá, em Sergipe, por determinação da Arquidiocese de Maceió, após ele se referir às pessoas pobres como "raça miserável" em um vídeo gravado durante a festa da padroeira da cidade, realizada no dia 20 de janeiro. 


Nas imagens, o sacerdote Givaldo Rocha critica a falta de compromisso e responsabilidade da população do município com a organização do tradicional festejo religioso, ao passo que elogia a administração pública. Na oportunidade, o padre faz comentários negativos ao se referir às pessoas pobres. 


"Vocês abrem a boca para dizer que a desorganização é da administração pública. É mentira, pois a desorganização começa pelos filhos de Santana do Mundaú, que prometem as coisas e não cumprem [...] Eu costume dizer que a igreja fez a evangélica opção preferencial pelos pobres, mas pense numa raça miserável de lidar é pobre", expõe o padre ao falar para uma multidão de fiéis reunidos para a celebração.


O fato chegou ao conhecimento da Arquidiocese de Maceió, que proibiu o padre de celebrar missas no território alagoano e promoveu sua devolução para a paróquia de origem. Com a decisão, Givaldo Rocha deve voltar à Diocese de Propriá, em Sergipe. 


O padre tem 54 anos de idade, é de origem sergipana e está prestes a completar 25 anos de sacerdócio. 

FONTE: Gazetaweb

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium