Quarta, 24 de julho de 2019
82991319220
Internacional

30/06/2019 às 11h10

53

Profº Nicanor

União dos Palmares / AL

Trump cruza a fronteira e se torna 1º presidente dos EUA a entrar na Coreia do Norte
Neste domingo Trump foi à Coréia do Norte
Trump cruza a fronteira e se torna 1º presidente dos EUA a entrar na Coreia do Norte
Trump e Kim Jong-un se encontram na zona desmilitarizada entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul neste domingo (30) — Foto: REUTERS/Kevin Lamarque

Este foi o 3° encontro entre os dois líderes; em fevereiro, uma cúpula no Vietnã fracassou nas tentativas de discutir o fim do programa nuclear norte-coreano. Segundo Trump, negociações devem continuar.


O presidente dos Estados UnidosDonald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, se encontraram neste domingo (30) na Zona Desmilitarizada entre as Coreias do Norte e do Sul. Após um simbólico aperto de mãos, Trump cruzou a fronteira e se tornou o primeiro presidente dos Estados Unidos a pisar em solo norte-coreano.


 


O encontro marcou a terceira vez que os dois líderes se reúnem. Na última reunião, no Vietnã, em fevereiro, Trump e Kim deixaram a cúpula um dia antes do previsto, sem resultados. A intenção era discutir relações bilaterais e convencer a Coreia do Norte a desistir de seu programa nuclear, mas as tratativas não foram adiante.


 Neste domingo (30), quando os dois presidentes se cumprimentaram na fronteira entre os dois países, expressaram esperanças de paz, segundo a Reuters.


"Fico feliz em vê-lo de novo. Jamais esperava vê-lo neste lugar", disse Kim. "Trata-se de um momento histórico que pretende pôr fim ao conflito na península", afirmou o líder norte-coreano a jornalistas.


 "Eu fiquei orgulhoso de passar por cima da linha [que divide as duas Coreias]", disse Trump a Kim, depois que os líderes retornaram ao lado sul-coreano. "É um grande dia para o mundo."


 


Acompanhado por Kim, Trump deu 20 passos para dentro do território da Coreia do Norte, segundo a CNN. Pouco depois, voltaram ao lado sul, onde se reuniram com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, para uma breve conversa.


Em seguida, o presidente norte-americano se reuniu a portas fechadas com o líder norte-coreano por 50 minutos.


 


"Tivemos uma reunião muito, muito boa", afirmou Trump depois da conversa. "Vamos ver o que pode acontecer".


 

FONTE: Globo

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium