Publicidade

PM mata colega, atira na ex e se suicida, em Alagoas

PM baleia ex no dia do divórcio, mata colega que tenta detê-lo e se suicida…

06/04/2024 às 12h32
Por: Profº Nicanor Fonte: uol
Compartilhe:
reprodução
reprodução

Um policial militar matou um colega de farda, tentou assassinar a ex-companheira e cometeu suicídio em seguida, no fim da tarde desta sexta-feira (5), na cidade de Arapiraca, agreste de Alagoas. A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública de Alagoas.

O crime ocorreu no dia em que a ex-companheira do cabo Moisés da Silva Santos, 31, entrou na Justiça com pedido de reconhecimento e extinção de união estável. Na prática, isso quer dizer que ela pediu para a Justiça reconhecer e extinguir o vínculo (similar a um divórcio) entre eles, em um mesmo ato oficial…

Como foi o crime

O cabo —que já estava se relacionando com outra mulher— avisou a algumas pessoas que iria até a casa da ex-companheira para matá-la. Não há detalhes sobre a motivação nem a confirmação de que foi por causa do pedido de separação

Ao saber da ameaça, o soldado Eudson Felipe Cavalcante Moura, 24, que atuava no mesmo 3º Batalhão da PM e já tinha participado de operações com Moisés, foi até a casa da mulher para conversar com o colega de farda e tentar fazê-lo desistir do crime.

Imagens de uma câmera de segurança da rua onde mora a mulher mostram Moisés chegando em um carro branco e, logo em seguida, sendo abordado por Eudson…

Eles começam uma conversa que durou menos de um minuto. Moisés então saca uma arma e atira à queima-roupa, matando o colega na hora.

Após o primeiro crime, o PM arromba e invade a casa da ex-companheira e atira contra ela, acertando-a de raspão no braço e na cabeça. Depois, atira contra si mesmo e morre no local.

As imagens de outra câmera de segurança mostram a mulher ferida correndo de sua casa, após os tiros…

A mulher foi levada para o Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca. Segundo as primeiras informações de quem a socorreu, ela não corre risco de morte. A unidade não divulgou o boletim médico.

Eudson, além de PM, era estudante do curso de direito da Uneal (Universidade Estadual de Alagoas). A instituição postou nota lamentando o crime e descrevendo o universitário como "inteligente, atencioso e apaziguador."…

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
União dos Palmares, AL
22°
Parcialmente nublado

Mín. 20° Máx. 29°

23° Sensação
1.36km/h Vento
95% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
05h30 Nascer do sol
05h10 Pôr do sol
Ter 27° 21°
Qua 27° 20°
Qui 26° 21°
Sex 29° 22°
Sáb 29° 21°
Atualizado às 02h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 362,895,73 +0,27%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias