Publicidade

Trabalhadores recebiam pedras de crack como pagamento em Taquaral (RS)

Polícia prende pessoas que pagavam funcionários com drogas

16/04/2024 às 18h19 Atualizada em 18/04/2024 às 21h53
Por: Profº Nicanor Fonte: ig
Compartilhe:
reprodução
reprodução

A  Polícia Civil do Rio Grande do Sul resgatou três pessoas vítimas de trabalho análogo à escravidão em uma pedreira clandestina na cidade de Taquaral (RS). Os trabalhadores recebiam pedras de crack como pagamento.

A ação fez parte da operação Pó de Pedra II, deflagrada nesta terça-feira (16), com o objetivo de desmantelar o grupo criminoso, responsável pela  prática análoga à escravidão e tráfico de drogas.

A pedreira clandestina foi encontrada durante o trabalho dos agentes e, nela, seis pessoas foram presas e encaminhadas para as autoridades locais. O local era utilizado para extração, venda e transporte de pedras, extraídas no interior desta cidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
União dos Palmares, AL
22°
Parcialmente nublado

Mín. 20° Máx. 29°

23° Sensação
1.36km/h Vento
95% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
05h30 Nascer do sol
05h10 Pôr do sol
Ter 27° 21°
Qua 27° 20°
Qui 26° 21°
Sex 29° 22°
Sáb 29° 21°
Atualizado às 02h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 362,740,06 +0,23%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias