Publicidade

MP denunciou a sobrinha do tio Paulo

Sobrinha do tio Paulo vai responder processo

01/05/2024 às 21h48 Atualizada em 01/05/2024 às 22h23
Por: Profº Nicanor Fonte: r7noticias
Compartilhe:
reprodução
reprodução

O MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) denunciou a mulher que levou um idoso morto a uma agência bancária em busca de um empréstimo. Érika de Souza Vieira Nunes, de 42 anos, vai ser investigada por vilipêndio de cadáver e tentativa de furto mediante fraude. Em outro inquérito, ela também é investigada por homicídio culposo - quando alguém contribui para a morte, porém, sem a intenção de matar. O caso aconteceu no último dia 16, em Bangu, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro.

Érika levou o tio, Paulo Roberto Braga, de 68 anos, em uma cadeira de rodas a uma agência bancária, onde tentou obter a assinatura em um documento autorizando um empréstimo no valor de R$ 17 mil. Os funcionários suspeitaram do estado de saúde do idoso, e equipes de socorro de emergência confirmaram seu falecimento. Érika foi presa em flagrante.

Inicialmente, o caso estava sendo investigado como vilipêndio de cadáver e tentativa de furto mediante fraude, mas a 34ª Delegacia Policial (DP) dividiu a investigação. O delegado Fabio Souza concluiu que, como cuidadora do idoso, Érika deveria ter levado seu tio ao hospital ao perceber que ele não estava bem, e não a uma agência bancária.

Érika levou o tio, Paulo Roberto Braga, de 68 anos, em uma cadeira de rodas a uma agência bancária, onde tentou obter a assinatura em um documento autorizando um empréstimo no valor de R$ 17 mil. Os funcionários suspeitaram do estado de saúde do idoso, e equipes de socorro de emergência confirmaram seu falecimento. Érika foi presa em flagrante.

Inicialmente, o caso estava sendo investigado como vilipêndio de cadáver e tentativa de furto mediante fraude, mas a 34ª Delegacia Policial (DP) dividiu a investigação. O delegado Fabio Souza concluiu que, como cuidadora do idoso, Érika deveria ter levado seu tio ao hospital ao perceber que ele não estava bem, e não a uma agência bancária.

O caso ganhou notoriedade após a circulação de imagens de Érika e seu tio dentro do banco nas redes sociais. As imagens mostram o idoso com uma aparência pálida, sem reações claras e sem firmeza no corpo. Em certo momento, a sobrinha segura a mão do tio e tenta persuadi-lo a assinar um documento, além de insistir em tentar dialogar com ele. Além disso, a polícia teve acesso a imagens que mostram o trajeto até o banco, e também ouviu o depoimento do motorista do carro de aplicativo que transportou Érika e Paulo.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
União dos Palmares, AL
22°
Parcialmente nublado

Mín. 20° Máx. 29°

23° Sensação
1.36km/h Vento
95% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
05h30 Nascer do sol
05h10 Pôr do sol
Ter 27° 21°
Qua 27° 20°
Qui 26° 21°
Sex 29° 22°
Sáb 29° 21°
Atualizado às 02h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 363,231,86 +0,37%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias