Quarta, 10 de Agosto de 2022
27°

Poucas nuvens

União dos Palmares - AL

Entretenimento Entretenimento

Hoje é o Dia Nacional do cão Vira-lata

Dia Nacional do "vira-lata": histórias trazem à tona abandono e descaso

31/07/2022 às 13h43 Atualizada em 31/07/2022 às 13h45
Por: Profº Nicanor Fonte: FolhaPE
Compartilhe:
reprodução
reprodução

Neste domingo (31), é memorado o Dia Nacional do Vira-lata. A nomeclatura, encontrada apenas no Brasil, é vinculada ao hábito de animais famintos que viram latas de lixo em busca de comida, se refere a cachorros sem raça definida (SRD). Estes, que não pertencem a um grupo específico de cães, infelizmente ainda figuram entre os animais que mais passam por situação de abandono.

 

Aqui, em homenagem a esse amado animalzinho que não merece o descaso que recebe, algumas histórias dramáticas com finais felizes de membros da redação da Folha de Pernambuco com seus vira-latas serão contadas. Neste texto, o termo usado para se referir aos cães SRD será vira-lata, para que fique mais próximo do falar corriqueiro que temos e para que não seja esquecida a fome que esses animais vivenciam ao passar por abandono.

 

Fotografando uma pauta sobre um dos canais da Região Metropolitana do Recife, Melissa Fernandes se deparou com um filhotinho de vira-lata na iminência de cair na água do canal cheio. Ali, ela fez fotos da matéria que sairia no jornal no dia seguinte e voltou para casa com Kodak, nome dado em homenagem à arte que faz ao fotografar, adotado.

De acordo com a fotógrafa, ela precisou deixar Kodak em um lar temporário até convencer sua avó a adotar o pequeno. Atualmente, ele tem seis meses e vive cercado de amor e carinho.

 

Representando a situação crítica de muitos vira-latas, Panda, uma cadelinha branca com manchinhas pretas no olho e caramelo no corpo, foi encontrada em uma lata de lixo. A situação aconteceu há 15 anos e, ao ver a situação da cachorrinha, o editor-adjunto de fotografia da Folha de Pernambuco, Alfeu Tavares, não resistiu e adotou a pequena, que ainda era filhote.

 

 

 Escolha e abandono

A Organização Mundial de Saúde estima que existam, no Brasil, cerca de 30 milhões de animais abandonados; desses, 20 milhões são cães e 10 milhões são gatos. Segundo a Ampara Animal, uma organização de proteção animal que atua no país, o abandono de pets cresceu 61% entre junho de 2020 e março de 2021. A grande maioria se trata de animais sem raça definida.

Como vira-latas não são animais de origem específica, não representam uma raça, por muitas vezes são colocados em uma segunda opção quando o assunto é a busca por um cachorro.

Por serem, em sua maioria, comprados, animais de raça são levados para casa com mais planejamento e responsabilidade. Já vira-latas são, muitas vezes, adotados por impulso. Sua permanência com seus tutores nem sempre é tão garantida e, muitas vezes, o animal volta para a rua ou para o abrigo de onde foi tirado.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
União dos Palmares - AL Atualizado às 10h17 - Fonte: ClimaTempo
27°
Poucas nuvens

Mín. 20° Máx. 29°

Qui 31°C 19°C
Sex 30°C 20°C
Sáb 28°C 20°C
Dom 27°C 21°C
Seg 24°C 18°C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias