Segunda, 20 de Setembro de 2021 14:40
82991319220
Política Política

Extra de R$ 2 bilhões vai ser vetado', diz Bolsonaro sobre fundo eleitoral

Bolsonaro vai vetar orçamento do Fundo Eleitoral

26/07/2021 14h26
Por: Redacao Fonte: Globo-G1

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que irá vetar o "extra de R$ 2 bilhões" do fundo eleitoral de 2022, definido pelo Congresso em R$ 5,7 bilhões. Entretanto, não é possível vetar apenas parte do valor do fundo. Ao analisar uma lei aprovada pelo Congresso, o presidente pode sancionar ou vetar artigos do projetos, ou todo o texto, mas não alterá-lo.

Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, após um homem parabenizar Bolsonaro por "vetar os R$ 6 bilhões do fundão", o presidente disse que irá vetar apenas "o excesso":

— Vou deixar claro uma coisa. Vai ser vetado o excesso do que a lei garante. A lei, quase 4 bilhões o fundo. O extra de R$ 2 bilhões vai ser vetado. Se eu vetar o que está na lei, estou incurso na lei de responsabilidade. Espero não apanhar do pessoal como sempre — disse Bolsonaro.

Na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022, aprovada há duas semanas, o Congresso estabeleceu os critérios para o fundo, e não um valor específico. Esse valor só será estabelecido na Lei Orçamentária Anual (LOA). Portanto, na avaliação de várias fontes da área econômica, é possível vetar os critérios do fundo e estabelecer um valor diferente na LOA.

Segundo técnicos do Congresso, os critérios estabelecidos na LDO fariam com que o fundo ficasse em R$ 5,7 bilhões. Nas eleições de 2018, o fundo foi de R$ 1,7 bilhão.

Bolsonaro repetiu diversas vezes desde a semana passada que iria vetar o fundo, mas não havia feito a distinção sobre o "extra" ou "excesso". O presidente também sugeriu que a correção do fundo deveria ter sido realizada a partir da inflação.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias