Publicidade

Morre primeiro paciente a receber rim de porco geneticamente alterado

Morre homem com rim de porco modificado

12/05/2024 às 14h43 Atualizada em 12/05/2024 às 22h55
Por: Profº Nicanor Fonte: ig
Compartilhe:
reprodução
reprodução

O primeiro paciente a receber o transplante de um rim de porco morreu dois meses após a cirurgia nos Estados Unidos. O americano Richard Slayman, 62, realizou o procedimento no Massachusetts General Hospital em março. A informação foi confirmada pelo hospital e pela família do paciente no sábado (11).

Os cirurgiões estimavam que sua sobrevida com o órgão fosse de no mínimo dois anos. No comunicado, a equipe médica do hospital lamentou a morte de Slayman e disse que não existem indícios de que a morte seja resultado do transplante.

 

Os familiares de Slayman divulgaram uma nota de agradecimento à equipe médica por prolongar sua vida.

"O enorme esforço deles (equipe médica) ao comandar o xenotransplante deu à nossa família várias semanas adicionais com Rick, e nossas lembranças produzidas durante esse período vão seguir nas nossas mentes e nos nossos corações", escreveram.

Slayman havia sido diagnosticado com doença renal em estágio terminal no ano passado. Ele já havia feito um transplante de rim - de um ser humano - em 2018. Mas em 2023, o órgão começou a apresentar sinais de insuficiência, o que levou seus médicos a sugerirem o transplante do rim de porco.

“Eu vi isso não apenas como uma forma de me ajudar, mas também como uma forma de dar esperança às milhares de pessoas que precisam de um transplante para sobreviver”, disse Slayman em declaração escrita fornecida pelo hospital na época da cirurgia.

Para que o rim do animal pudesse ser implantado, ele foi geneticamente modificado. Sendo assim, foram retirados genes suínos que corriam o risco de serem rejeitados pelo organismo do paciente, e foram adicionados genes humanos, para melhorar a compatibilidade e diminuir o risco de infecções.

Uma equipe de cirurgiões do Hospital Geral do Massachussetts, liderada pelo brasileiro Leonardo V. Riella, realizou o transplante, que durou quatro horas.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
União dos Palmares, AL
22°
Parcialmente nublado

Mín. 20° Máx. 29°

23° Sensação
1.36km/h Vento
95% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
05h30 Nascer do sol
05h10 Pôr do sol
Ter 27° 21°
Qua 27° 20°
Qui 26° 21°
Sex 29° 22°
Sáb 29° 21°
Atualizado às 02h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 363,231,86 +0,37%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias