Publicidade

Condenado no caso Eliza Samudio, Bola é preso por outro assassinato em MG.

Policial que matou Eliza foi preso por mais um crime

04/07/2024 às 22h23 Atualizada em 06/07/2024 às 00h26
Por: Profº Nicanor Fonte: uol
Compartilhe:
reprodução
reprodução

O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, de 61 anos, o Bola, condenado pela morte de Eliza Samudio, voltou a ser preso, na quarta-feira (3), por outro assassinato, que teria sido cometido em 2009

O que aconteceu

Bola foi detido em casa. A prisão ocorreu na noite de ontem, no bairro Santa Clara, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. Marcos Aparecido dos Santos foi informado do mandado de prisão e não ofereceu resistência, segundo boletim de ocorrência. Ele foi encaminhado ao sistema prisional.

O ex-PM tinha um mandado de prisão em aberto por homicídio. Marcos Aparecido é acusado de matar um motorista em julho de 2009, no bairro Juliana, região norte da capital, juntamente com o comerciante Antônio Osvaldo Bicalho, apontado como mandante do crime.

Em 2019, Bola foi condenado a 16 anos pelo crime. Já o mandante do homicídio, Antônio Osvaldo, foi condenado a 14 anos de prisão. Os jurados acataram a tese da acusação de que o ex-policial foi o autor dos disparos de arma de fogo que mataram o motorista. Eles receberam o direito de recorrer em liberdade… - A Justiça de Minas Gerais determinou as prisões na última segunda-feira (1º). Caso transitou em julgado, ou seja, os recursos da defesa se esgotaram. Prisão ocorreu após decisão da juíza Fabiana Cardoso Gomes Ferreira, do 3º Tribunal do Júri de BH. O processo estava aguardando julgamento no Superior Tribunal de Justiça que, em abril deste ano, negou provimento ao recurso… - O mandante do crime também foi preso. Ele foi encaminhado nesta quinta-feira (4) ao Centro de Remanejamento de presos no bairro Gameleira. De acordo com a denúncia do Ministério Público, o motorista foi assassinado porque supostamente tinha um envolvimento amoroso com a esposa do comerciante. O homem descobriu o relacionamento extraconjugal e contratou o ex-policial para executar o amante da companheira.

No julgamento, os dois réus negaram o crime. O ex-policial afirmou que não conhecia o comerciante e o motorista. Ressaltou que foi implicado porque o delegado que investigava o crime, o mesmo que investigou a morte de Eliza Samudio, tem uma rixa antiga com ele, por conta de desavenças na época em que se conheceram na Academia de Polícia Civil.

Em 2013, Bola foi condenado pelo desaparecimento e morte de Eliza Samudio, ex-namorada do goleiro Bruno, então jogador do Flamengo. O corpo da vítima nunca foi encontrado. Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o ex-PM também tem outra condenação, pela morte de um carcereiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
União dos Palmares, AL
21°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 25°

21° Sensação
4.18km/h Vento
76% Umidade
100% (3.84mm) Chance de chuva
05h40 Nascer do sol
05h19 Pôr do sol
Sex 25° 19°
Sáb 21° 19°
Dom 25° 18°
Seg 22° 17°
Ter 24° 19°
Atualizado às 09h45
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,54 +0,95%
Euro
R$ 6,05 +0,82%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,71%
Bitcoin
R$ 381,979,81 +1,41%
Ibovespa
129,153,52 pts -0.23%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias