Quarta, 10 de Agosto de 2022
27°

Poucas nuvens

União dos Palmares - AL

Tecnologia Tecnologia

Carro à prova de multa: equipamento ilegal que trava radar é vendido na web.

Controle embaralha o radar o carro escapa da multa

07/07/2022 às 10h29
Por: Profº Nicanor Fonte: uol
Compartilhe:
reprodução
reprodução

Para fugir de multas por excesso de velocidade, maus motoristas têm recorrido a aparelhos capazes de impedir que dispositivos de fiscalização eletrônica flagrem os respectivos veículos. Muitos também se valem da estratégia para não pagar pedágio, rodar com o licenciamento vencido, desrespeitar o rodízio e até para praticar crimes ao volante.

Esses itens são ilegais no Brasil. Contudo, não é difícil encontrá-los à venda em sites estrangeiros de comércio eletrônico, ofertados por preços entre aproximadamente R$ 600 e mais de R$ 1.000 - sem incluir o pagamento de impostos e taxas referentes à sua importação.

Os equipamentos detectam e, em seguida, "embaralham" as ondas de rádio emitidas por radares móveis e portáteis, inviabilizando a medição da velocidade do veículo. Eles utilizam tecnologia semelhante à dos jammers ou "capetinhas", que anulam a eficácia de rastreadores veiculares.

Também existem aparatos específicos para travar pistolas que fiscalizam a velocidade por meio de raios laser. Outros inviabilizam a identificação do carro infrator utilizando flashes ocultos na moldura da placa, acionados sempre que um radar é detectado. Os flashes literalmente ofuscam a câmera fiscalizadora, deixando os caracteres ilegíveis na fotografia. Nesse caso, além de evitar penalização por velocidade excessiva, o infrator tenta escapar de multas por licenciamento vencido e desrespeito ao rodízio. A estratégia também pode servir para dar calote no pedágio e praticar crimes ao volante sem ser identificado.

Segundo o advogado Marco Fabrício Vieira, membro da Câmara Temática de Esforço Legal do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), o uso de aparelhos e softwares especificamente para detectar a presença de radares não desrespeita a lei, embora seja "repreensível". Aplicativos para celulares como o Waze, por exemplo, executam essa função sem prejuízo às regras de trânsito.

Por outro lado, o especialista destaca que recursos capazes de interferir diretamente na leitura ou na identificação da placa veicular são ilegais. "A utilização de equipamento, dispositivo ou suporte eletrônico ou mecânico capaz de ocultar, impedir ou dificultar a captação ou leitura dos caracteres da placa de identificação veicular, como alguns disponíveis no mercado, caracteriza a infração prevista Inciso III do Artigo 230 do CTB [Código de Trânsito Brasileiro]", diz Vieira.

Ele acrescenta que a infração é de natureza gravíssima, com multa no valor de R$ 293,47, acrescida de sete pontos no prontuário do proprietário e da remoção do veículo. 3:06.

Deve ser considerado dispositivo antirradar aquele que interfere nas ondas de rádio emitidas pelo equipamento metrológico de fiscalização eletrônica ou qualquer outro dispositivo capaz de inibir a captação de caracteres da placa de identificação do veículo", deixa claro o advogado, que também é conselheiro do Cetran-SP (Conselho Estadual de Trânsito de São Paulo).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
União dos Palmares - AL Atualizado às 10h58 - Fonte: ClimaTempo
27°
Poucas nuvens

Mín. 20° Máx. 29°

Qui 31°C 19°C
Sex 30°C 20°C
Sáb 28°C 20°C
Dom 27°C 21°C
Seg 24°C 18°C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias