Sábado, 23 de Janeiro de 2021 17:49
82991319220
Política Política

Banco do Brasil pode estar à venda. Serão 04 grandes privatizações.

O novo diretor do BB é diretor do HSBC.

02/08/2020 15h46
Por: Redacao Fonte: gazetaweb
google
google

-“Vamos vender essa bosta!” -, anunciou o ministro da Economia, Paulo Guedes, referindo-se ao Banco do Brasil.

“Essa bosta”, como Guedes se referiu ao Banco do Brasil, registrou um lucro de R$ 16 bilhões e exerce o papel de “banco social”, atuando em cidades que os bancos privados rejeitam porque não são lucrativas, e financiando pequenos produtores – que os bancos privados também rejeitam devido aos riscos.

O governo indicou o novo presidente do BB. Trata-se de André Brandão. E quem é André Brandão?

André Brandão é diretor do HSBC, mas deve “morrer de amores” pelo Banco do Brasil. Será? Ou se trata de comparar com a fábula da raposa nomeada administradora do galinheiro?

Que acham?

Guedes voltou a anunciar esta semana que, dentro de 90 dias, haverá “quatro grandes privatizações”. Ele não citou quais são as quatro empresas que serão privatizadas, mas vamos identificá-las, baseados no que o ministro vem afirmando desde a sua posse e, ainda, baseado no seu comprometimento com o mercado bancário privado.

São essas as empresas que o governo Bolsonaro quer vender a preço de final de feira e em plena recessão causada pela pandemia do coronavírus: Eletrobras, BR Distribuidora, Correios e Banco do Brasil.

Agora pense alguém que possui um banco, que lhe dá lucro de R$ 16 bilhões ao ano; que exerce o papel de banco social; que tem uma história secular, vendê-lo assim a preço de final de feira? Só mesmo num governo desse.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias